Assista nossos Programas

domingo, 16 de dezembro de 2018

Época de festas requer atenção com acidentes

Por Valdemar Conti

Valdemar Conti é vice-coordenador do Plano de Auxílio Mútuo Capuava (PAM Capuava), que integra o Comitê de Fomento Industrial do Polo do Grande ABC (COFIP ABC)

Todo acidente tem uma causa e quase sempre pode ser evitado. Uma condição insegura ou um ato inseguro é fator determinante, isolado ou em conjunto, para a ocorrência. Por detrás de ambos estão as falhas humanas, que podem ser causadoras de pequenos acidentes ou grandes emergências em casa, no trabalho, no trânsito ou no lazer.
Entre as causas psicológicas presentes nas ocorrências estão falta de atenção e de treinamento, e pressa. Manter a atenção redobrada é fundamental, sobretudo, nos períodos de festas, que provocam relaxamento natural em função de férias, viagens e confraternizações. Tais expectativas geram uma baixa no nível de atenção, que é determinante para falhas.

Hoje as pessoas vivem mais apressadas, conectadas e pressionadas por compromissos, numa rotina que pode comprometer o estado de saúde. Com pressa, a qualidade do que se realiza pode ficar muito comprometida, porque a pressa pode levar à desatenção e ao descuido pelos detalhes, que merecem um olhar apurado e cuidadoso.

Com as festas de fim de ano, que coincidem com as férias escolares, muitos aproveitam o período para viajar, o que aumenta o tráfego de veículos nas rodovias e, consequentemente, os riscos de acidentes, provocados, principalmente, por falta de atenção, velocidade incompatível, ingestão de bebidas alcoólicas, desobediência à sinalização, ultrapassagem perigosa e sono.

Portanto, para pegar a estrada, leve o veículo antes para revisão, verifique o funcionamento dos equipamentos obrigatórios e planeje a viagem para não dirigir com pressa, cansado ou com sono. Além disso, fique atento ao transporte seguro das crianças, conforme a faixa etária, e respeite a sinalização.

Outro grande fator de risco são os acidentes domésticos, cujas causas são afogamentos, quedas, queimaduras no fogão ou por fogos de artificio e intoxicações, entre outras.

Para evitar afogamentos, é importante conhecer bem o local do nado, não se afastar das margens e ter as crianças sempre acompanhadas de um adulto. Para não haver vítimas de queimaduras, deve-se evitar cabo de panela voltado para fora do fogão, brincadeira com álcool e fogo e uso de fogos de artifício. Caso for utilizar fogos, que seja sempre por um adulto, com instalação em local fixo e longe das demais pessoas.

As intoxicações podem ser evitadas caso os produtos de limpeza e os remédios sejam mantidos afastados das crianças, em locais de difícil acesso. Em caso de intoxicação, a orientação é buscar o auxílio médico o mais rápido possível e levar a embalagem do produto para a identificação do produto ingerido, o que é essencial para o atendimento.

Ao comprar brinquedos, é importante considerar a idade e o nível de habilidade da criança, assim como seguir as recomendações do fabricante e dar preferência aos produtos com o selo do Inmetro. Não compre brinquedos que possam oferecer risco de engasgamento (peças pequenas para bebês e crianças menores), estrangulamento (correntes, tiras e cordas) e corte (pontas e bordas afiadas).

Com as tecnologias presentes no dia a dia, que mantêm todos sempre conectados, o celular se tornou uma extensão do corpo e da mente, o que gerou aumento significativo de acidentes, causados pela desatenção por conta de seu uso. Quedas, atropelamentos, acidentes automobilísticos e choques elétricos são alguns exemplos. Portanto, muito cuidado e atenção ao usá-lo. Nunca o faça quando estiver dirigindo ou caminhando. Caso seja necessário atendê-lo, pare antes em local seguro.

Já se aproxima a temporada de festas, um período que é muito desejado por todos, mas que também requer muito cuidado por parte de pais e profissionais. Neste sentido, o Plano de Auxílio Mútuo Capuava (PAM Capuava) contará com vários profissionais em plantão, atentos para auxiliar em caso de emergência e manter a comunidade em segurança.

O PAM Capuava é um compromisso formal entre empresas do Polo Petroquímico do ABC, o Corpo de Bombeiros, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e a Defesa Civil para prover equipamentos, materiais e recursos humanos, de modo a conjugar os esforços para maior eficiência no atendimento e no controle de uma emergência que ocorra no raio de ação, em qualquer uma das participantes, de maneira integrada.

Fica um alerta a todos: é preciso adotar medidas para prevenção de acidentes, manter alto nível de atenção e se preocupar com detalhes que podem ser fatais. Lembre-se que neste período o mais importante é estar junto com os familiares para celebrar um Feliz Natal e um Próspero Ano Novo, então coloque a segurança sempre em primeiro lugar porque sempre terá alguém esperando por você.


*Valdemar Conti é vice-coordenador do Plano de Auxílio Mútuo Capuava (PAM Capuava), que integra o Comitê de Fomento Industrial do Polo do Grande ABC (COFIP ABC




segunda-feira, 2 de julho de 2018

Manifestação Pública contra a MP 841 e em defesa dos recursos da Cultura


Manifestação Pública contra a MP 841 e em defesa dos recursos da Cultura





" 1- Demoramos muitos anos para despertar a atenção de todos sobre a participação dos fazedores de cultura em 3% sobre os jogos de loteria e quando estamos prestes a conseguir esta vitória, vem o governo e baixa uma Mp, a 841 que tira de nós esta chance.
2- Por justiça a OAB se soma nesta luta a favor dos fazedores de cultura e promove no dia 4 de julho, às 19:00 no TUCA um ato de desagravo contra esta intenção.
3- É hora de nos somarmos a esta iniciativa e comparecer neste dia, em apoio aos que enfim defendem nossos interesses.
4- Compareça e leve um colega, espalhe a notícia, venha, é realmente importante.

Maestro Amilson Godoy"

Saiba mais aqui

quarta-feira, 7 de março de 2018

Ministério da Saúde fará monitoramento online de partos cesáreos no país


Retrato por serviço de saúde ajudará na adoção de medidas para incentivar o parto normal no SUS e reduzir as cesarianas desnecessárias. Projeto Parto Cuidadoso será uma das ações. Também será lançada a Semana de Mobilização pela Saúde das Mulheres, com foco na redução da mortalidade materna


O Ministério da Saúde cria sistema de monitoramento online para acompanhar a quantidade de partos cesáreas nos serviços do Sistema Único de Saúde (SUS). Medida visa reduzir a realização desse tipo de procedimento quando desnecessário. Por isso, a pasta quer identificar os serviços, para que juntos possam realizar ações para aumentar o número de parto normal, como primeira opção para o nascimento. Objetivo é que a equipe e gestante discutam o plano de parto para que seja feita a escolha pelo melhor tipo de procedimento que não coloque em risco a vida da mãe e do bebê. Gestores e usuárias do SUS poderão acompanhar o monitoramento pelo site da Secretaria de Vigilância em Saúde, a partir do dia 19 de março. O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, nesta quarta-feira (7/3), durante cerimônia em comemoração ao Dia Internacional da Mulher.
Confira apresentação completa

Em 2017, foram realizados 2,7 milhões de partos no país. Considerando apenas partos nos serviços de saúde públicos, o número de partos normais é maior, sendo 58,1% e 41,9% de cesarianas.

Para fortalecer a realização do parto normal, a pasta irá implantar o projeto Parto Cuidadoso em 634 maternidades do país. Inspirado no projeto Parto Adequado, da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que conseguiu em três anos evitar que 10 mil cesarianas fossem realizadas desnecessariamente em 35 hospitais. Entre os hospitais que participaram do piloto estão o Hospital Israelita Albert Einstein e o Sophia Feldman (BH) e Agamenon Magalhães (PE).

Com essa medida, será possível investir na capacitação de enfermeiras obstétricas e obstetrizes para atenção ao parto normal, além de promover ações educativas na Atenção Básica, onde é realizado o pré-natal. Desde 2015 até 2017, O Ministério da Saúde capacitou 2.774 enfermeiras que trabalham em maternidades, hospitais, centros de parto normal em obstetras. Essas profissionais estão aptas a fazer o parto normal de risco habitual. Além disso, 611 serviços passaram a contar com enfermeiras obstetras e obstetrizes.

Para garantir mais acesso, cuidado, informação e saúde à mulher brasileira, o Ministério da Saúde institui a Semana de Mobilização pela Saúde das Mulheres no SUS, tendo início no dia 28 de maio quando é celebrado o Dia Internacional de Luta pela Saúde da Mulher. Este ano o tema será Redução da Mortalidade Materna. A medida visa criar uma agenda permanente de promoção à saúde da mulher na atenção básica.

Para garantir que os gestores invistam na saúde da mulher, a pasta irá liberar para os municípios R$ 14 milhões para ações prioritárias em saúde sexual e reprodutiva. O edital que libera o recurso estará disponível no site do Ministério da Saúde, no dia 16 de março, com orientações e metas a serem alcançadas até 2022 como: redução da gravidez não planejada na adolescência de 17,5% para 15% até 2020; inclusão de mulheres idosas no planejamento das ações de saúde sexual e climatério; ampliar a oferta de DIU de cobre em 20% na Atenção Básica; ampliar o pré-natal do parceiro de 37% para 67%.

Até 2019, 852 serviços e 4.625 profissionais serão qualificados para implantação do DIU de cobre, garantindo acesso em todos os estados do país. O DIU é um método prático e altamente eficaz, livre de hormônio, com duração de até 10 anos e índice de segurança maior que 99%, é um método reversível, que pode ser retirado a qualquer momento e em que a fertilidade retorna logo após a remoção.

AÇÕES DIGITAIS - Durante o mês de março, o Ministério da Saúde programou vários bate-papos sobre a Saúde da Mulher. São conversas ao vivo, na página do Facebook da pasta, com especialistas nos mais diversos assuntos do universo feminino. A primeira conversa, que aconteceu no dia 02 de março, teve como tema parto natural e a violência obstétrica. Entre as discussões que ainda acontecem durante o mês estão métodos contraceptivos, prevenção de ISTs, violência e saúde mental, sexualidade, entre outros. Acompanhe as atividades nos endereços facebook.com/minsaude e www.saude.gov.br.

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Atraso no pagamento de seguro de vida não anula recebimento pelos beneficiários

O seguro de vida é contratado pelas pessoas que querem garantir o bem-estar e proteger financeiramente os beneficiários, em casos de invalidez, ou morte por qualquer causa, de acordo com o contrato realizado.

No entanto, ao solicitar o pagamento do seguro, os consumidores podem enfrentar inúmero entraves, segundo Danielle Bitetti, advogada do escritório Porto, Guerra & Bitetti. Um dos problemas que os contratantes podem encontrar é a recusa do pagamento aos beneficiários pelo atraso ou falta de um pagamento pelo contratante.

Porém, o simples atraso no pagamento das prestações do contrato de seguro de vida não determina a suspensão ou a resolução automática da cobertura, explica a especialista.

"Em muitos contratos há previsão de cancelamento automático do seguro, entretanto, a cláusula que prevê tal conduta é nula", afirma.

Isso acontece porque para os tribunais e Judiciário brasileiro, é dever das seguradoras constituir previamente o segurado em mora - devedor que não efetuou o pagamento - mediante notificação ou interpelação, tornando indevida a negativa de pagamento da indenização correspondente.

"Assim, não sendo enviada qualquer notificação ao segurado, é dever da seguradora efetuar o pagamento do seguro no prazo de 30 dias", diz Danielle Bitetti.

É necessário que os beneficiários e contratantes não aceitem o cancelamento e recusa de pagamento em caso de atraso de parcelas. É direito do consumidor o amparo pela seguradora.

CONTATOS

Danielle Bitetti
Advogada
Porto, Guerra & Bitetti Advogados
Av. Giovanni Gronchi, 1294 - Morumbi
Cep. 05651-001 São Paulo/SP
Tel: (11) 9 55808791
www.pgb.adv.br



sábado, 4 de março de 2017

DelRio celebra o empoderamento feminino no Dia Internacional da Mulher





Conheça um pouco mais da marca de lingerie feita por mulheres para mulheres

A DelRio, referência em lingeries que aliam conforto, tecnologia, qualidade e design exclusivo, mais uma vez se posiciona ao lado das mulheres e celebra no próximo dia 08 de março, as conquistas femininas que vão muito além do uso dos sutiãs. A marca feita de mulheres para mulheres – 90% do quadro de funcionários é composto por mulheres e mantém no dia a dia atividades que beneficiam e encorajam-nas a serem independentes.

A empresa conta com uma ampla infraestrutura, disponibilizando cursos profissionalizantes na conhecidaEscolinha (Centro de Treinamento DelRio), que já formou inúmeras mulheres em situação de primeiro emprego, criando oportunidade de construírem suas carreiras e realizarem seus sonhos e de suas famílias. Também ocupando um espaço que até então era dominado pelos homens, o projetoMecânicas de Máquina de Costura é uma iniciativa inédita em parceria com o SENAI, e até já serviu de modelo para outras empresas, possibilitando às mulheres uma ascensão profissional.

Já o projeto Liderança do Futuro é formado pelas estagiárias de engenharia e comunicação junto com os aprendizes. Ao todo, 15 jovens universitárias e 30 aprendizes, se preparam para assumir o comando da DelRio em futuro próximo. As seleções internas feitas em todas as áreas garantem oportunidades de carreira para todas que almejam crescimento pessoal e profissional.

Em relação à saúde das funcionárias, a empresa desenvolve um ciclo de palestra, que ocorre durante todo o ano, abordando assuntos relacionados à saúde feminina, como Prevenção de DST/HIV/AIDS, Planejamento Familiar, Saúde da Mulher, Prevenção do Câncer de Mama entre outros.

Vale destacar que a DelRio #euqueroeuposso ainda participa do Movimento Mulher 360º - MM360, um movimento criado em 2011, com o objetivo de possibilitar que as mulheres desenvolvam plenamente suas capacidades, dando condições para que elas tenham as mesmas oportunidades de trabalho e assegurar a igualdade em direitos sociais e econômicos.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

EVENTO CELEBRA O ANIVERSÁRIO DE ROBERTO BOLAÑOS EM SÃO PAULO


Um dia inteiro de homenagem e festa para o criador dos seriados Chaves e Chapolin. É assim que será o "solidariechaves", evento que ocorre dia 18 de fevereiro, em São Paulo, na semana que o escritor mexicano Roberto Gómez Bolaños completaria 88 anos.

Roberto Bolaños terá suas obras homenageadas em uma festa que terá exibição de episódios clássicos de Chaves e Chapolin, apresentação teatral da turma do "solidários del ocho", revivendo cenas clássicas dos seriados do Roberto. Além disso, será realizado um concurso de fantasias e um quiz do Chaves para testar os conhecimentos de crianças e adultos.

Aos fãs que participem, pede-se que seja levado um quilo de alimento não-perecível ou um brinquedo, os quais serão doados para instituições beneficentes apoiadas pelo grupo solidários del ocho e o fã clube chaves e sua turma.


SERVIÇO
O quê: solidariechaves
Quando: 18 de fevereiro, sábado, às 11h
Onde: Estação Jovem – São Caetano do Sul (Rua Serafim Constantino s/n PISO SUPERIOR – Modulo II do Terminal Rodoviário Nicolau Delic)
Quanto: evento gratuito ( porém pede-se que seja levado um quilo de alimento não-perecível)
Organização:Solidários del ocho
MARQUE PRESENÇA NO EVENTO: https://www.facebook.com/events/1432969557004419/

terça-feira, 27 de setembro de 2016

TRIBUNAL DE JUSTIÇA INAUGURA PROJETO CULTURAL COM A BIG BAND SÊNIOR

Por: Claudia Souza

Foto: Claudia Souza - Big Band Sênior no Teatro Olido em agosto/2016

O show de lançamento da Big Band Sênior será dia 29/9 - quinta-feira, às 20 horas no Teatro do Tribunal de Justiça de São Paulo.

Composta por 18 músicos com mais de 50 anos de idade e 20 anos de carreira, a Big Band Sênior incorpora o projeto da UPARS - União Paulista dos Artistas Sêniores, fundada pelo Maestro e pianista Adylson Godoy.

A associação, sem fins lucrativos, inicia seu projeto com a primeira Orquestra, com músicos afiliados e terá por objetivo criar mecanismos de incentivos e proporcionar trabalho e renda para músicos e cantores com o perfil citado.

Ainda no começo, em fase de adaptação às exigências burocráticas, pretende conseguir apoio de verbas governamentais para alavancar o projeto, ainda embrião, em funcionamento provisório no espaço cedido pela Ordem dos Músicos do Brasil, Conselho Regional do Estado de São Paulo, aonde os músicos da orquestra se encontram, organizam, debatem e ensaiam o repertório da Big Band Sênior.

Sob direção musical de Adylson Godoy, regência do trombonista Renato Farias e produção de Marcelo Fontanesi, a Big Bnd Sênior é composta por cinco saxofonistas, quatro trombonistas, quatro trompetistas, um pianista, um baixista, um baterista, um guitarrista e um percussionista. No palco, os dezoito músicos, contam ao grande público “A História das Big Bands”, reproduzindo um amplo repertório dos anos 40 até a atualidade, apresentando obras de Duke Ellington, Count Basie, Tommy Dorsey, Stan Keaton, Glenn Miller, Benny Goodman, Banda Tabajara, Silvio Mazzuca, Elcio Alvares e Luís Arruda Paes, entre outros.

Vídeo institucional:


Este show que abre o Projeto Arte e Cultura no Tribunal de Justiça, sob a supervisão do Desembargador Sidney Romano dos Reis, é destinado a magistrados, servidores e ao público em geral e a entrada é franca. Por medidas de segurança, os interessados em assistir o show devem se inscrever no e-mail: artenotj@tjsp.jus.br.

Serviço:

Local: Auditório do Gade MMDC (Avenida Ipiranga, 165).
(Antigo Hilton Hotel - Metrô República).
Dia e Horário: 29/9, às 20 horas.
Entrada franca

domingo, 18 de setembro de 2016

Dia do contador: o salva vidas em um mar de impostos



Por Adão Lopes

No dia 22 de setembro comemora-se o dia do Bacharel em Ciências Contábeis, o contador. Essa data vem homenagear a fundação do primeiro curso superior de Ciências Contábeis, na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Antes, só havia cursos técnicos na área.

Não foi a toa que se chegou à conclusão de que era necessário um curso superior, mesmo lá no tão controverso governo Vargas. O contador é um verdadeiro salva vidas das empresas em todos os tempos. Cada vez mais sofremos enxurradas de impostos, alterações, migrações, detalhes e pormenores que o administrador não tem como acompanhar no seu dia a dia. Ser resiliente na mudança, mutável e informado é o que garante aos contadores surfarem nesse mar diverso que chamamos de gestão de recursos de uma empresa.

A área mudou muito ao longo dos anos. Como em todos os segmentos, a renovação acompanha seu desenvolvimento. Contudo, nos últimos tempos, a crescente tecnologia focada na área contábil impôs mudanças radicais e significativas no cenário empresarial.

As ferramentas ERPs, e os softwares de emissão e gestão de documentos eletrônicos, e os próprios documentos digitais, representaram essa mudança, e também a reciclagem desse mercado e profissão. Mesmo com a tecnologia, essa é uma área que demanda, acima de tudo, resiliência, análise e inteligência.

É papel do contador usar sua formação, sua experiência e seu senso crítico para lidar com as informações que a máquina dispõe. A inteligência humana é o que guiará as decisões e identificará os pontos vulneráveis de uma empresa, permitindo que esse profissional não se limite a apenas pagar e receber contas, mas também a fazer parte do processo de estratégia comercial.

É por esse papel e importância, que hoje, cercados de tecnologia, abraçamos o futuro, sem deixar de valorizar o real papel do profissional, que ganha espaço onde ele realmente contribui para o processo, na inteligência.

Na Varitus Brasil nos preocupamos em auxiliar o trabalho, em proporcionar agilidade e segurança às diversas etapas do processo. Mas, é ao lado desse profissional que as empresas podem enfrentar as ondas violentas do mar de mudanças, impostos e taxas, que impedem a administração de ver claramente os pontos de tomada de decisão.

Agradeça a seu contador. Feliz 22 de setembro.

Sobre a VARITUS Brasil: www.varitus.com.br / (19) 9544 2329

Empresa no setor de tecnologia da informação, a Varitus Brasil possui ferramenta exclusiva para emissão, recuperação e armazenamento de arquivos digitais de acordo com as regras do Fisco, para pequenas, médias e grandes empresas das áreas públicas e privadas. Entre os principais serviços estão emissão de NF-e (Nota Fiscal Eletrônica), CT-e (Conhecimento de Transporte Eletrônico), MDF-e (Manifesto de Documentos Fiscais), NFS-e (Nota Fiscal de Serviço Eletrônica), NFC-e(Nota fiscal ao Consumidor Eletrônica) e GED (Estão Eletrônica de Documentos) incluindo a guarda física.

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

BANDA BIG BAND SÊNIOR CONTA A HISTÓRIA DAS BIG BANDS



Inspirada nas Big Bands dos anos dourados, a Big Band Sênior está saindo do forno para se apresentar no Teatro Olido e no Auditório do Tribunal de Justiça - SP, inaugurando a iniciativa da UPARS – União Paulista dos Artistas Sêniores, que foi criada para incentivar mecanismos geradores de oportunidades para músicos com mais de 50 anos de idade e 20 anos de carreira.

O projeto com quase dois anos, tem como idealizador o Maestro e pianista Adylson Godoy. A ideia surgiu em uma conversa informal com o contrabaixista Amador Bueno, quando comentavam sobre a falta de políticas públicas para favorecerem os músicos profissionais, principalmente na área da música instrumental, pouco contemplada por patrocínios.

Não demorou muito e a UPARS foi fundada, tendo no casting inaugural, a Big Band Sênior, composta por 36 músicos renomados, da mais alta qualidade, dos quais, metade são intercalados entre as apresentações, aonde o caçula completou este ano 50 anos e o mais velho está com 90 anos de idade.

Composta por 5 saxofonistas, 4 trombonistas, 4 trompetistas, 1 pianista, 1 baixista, 1 baterista, 1 guitarrista e 1 percussionista; os 18 músicos juntos, contam ao grande público “A História das Big Bands” reproduzindo um amplo repertório dos anos 40 até a atualidade, que remonta Duke Ellington; Count Basie; Tommy Dorsey; Stan Keaton; Glenn Miller; Benny Goodman; Banda Tabajara; Silvio Mazzuca; Elcio Alvares, Luis Arruda Paes, entre outros.

A estreia tem por objetivo, documentar o trabalho que está sendo ensaiado há um ano aproximadamente nos bastidores do auditório da Ordem dos Músicos do Brasil, que cedeu gentilmente o espaço, para que os músicos desenvolvessem a Orquestra, reuniões, bem como a fundação da UPARS – União Paulista dos Artistas Seniores, que já está constituída, avançando do estado embrionário de associação, para constituição de uma OSCIP, que terá por objetivo, criar projetos de leis favoráveis aos músicos associados e captação de recursos governamentais a fim de fomentar os fazedores de cultura que estão atingindo a “melhor idade” e que em maioria não desfrutam de nenhuma política pública em detrimento de sua alta capacidade de realização.

“A Big Band Sênior é a prova de que o bom músico não tem data de validade e possui além da experiência, grande poder e força de vontade. Eles só precisam de um bom palco, condições técnicas e incentivo financeiro para mostrarem o seu melhor e contribuírem com a arte e a cultura musical de nosso país”. Disse Adylson Godoy, fundador da UPARS.

Através da UPARS, a Orquestra já está com o projeto aprovado pela Lei Rouanet (PRONAC nº 1410552, artigo 18) e em busca de captação de recursos.

Os músicos e cantores interessados em participarem da UPARS, podem se associarem gratuitamente no blog provisório http://upars.blogspot.com.br/p/associe-se-gratis.html para receberem informações de projetos futuramente criados para cada perfil de trabalho.


Próximas apresentações:

Dia 08/08 – 20 hs
Teatro Olido
Av. São João, 473 – Centro – São Paulo – SP
Entrada Franca
(Chegar 1 hora antes para retirar ingresso).

Dia 29/9 – 20 hs

Auditório do Tribunal de Justiça
(Antigo Hilton Hotel)
Av. Ipiranga, 165 – República – Centro – SP
Entrada Franca

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

IRH Press do Brasil leva seus títulos mais vendidos à Bienal de SP‏

Editora tem a exclusividade de publicação no Brasil dos livros do autor japonês Ryuho Okawa, que já vendeu mais de 100 milhões de exemplares em todo o mundo

A IRH Press do Brasil, filial da editora japonesa IRH Press – voltada exclusivamente à publicação das obras do autor Ryuho Okawa, um dos mais importantes naquele país – deve levar a maioria dos títulos publicados em cinco anos de atuação no Brasil ao estante E087 da 24ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo. Puxam a lista os ainda inéditos Trabalho e Amor e As Leis da Justiça, além do relançamento de Estou bem! 7 passos para uma vida feliz, de Convite à Felicidade e do best seller Think BIG, O poder para criar o seu futuro.

Apesar da crise que se abateu sobre o mercado editorial como um todo, não se pode negar o sucesso das pequenas editoras – principalmente quando publicam livros voltados ao autodesenvolvimento, felicidade e que estimulam as pessoas a cultivar pensamentos positivos. Estes continuam sendo os mais vendidos nas livrarias. Em tempos de instabilidade e desconfiança que o Brasil atravessa, a procura tem sido ainda maior.

Mesmo novata no país, a IRH Press teve um crescimento exponencial em 2015, superando em mais de 100% as vendas de 2014. O setor de livros, como um todo, nesse mesmo ano, teve alta de apenas 2,52% sobre 2014, em número de exemplares vendidos. Mas 2016 não escapou dos efeitos da crise brasileira que se espalhou para todos os setores da economia. A alta do desemprego e a queda da renda afetaram duramente as vendas também no mercado editorial – no primeiro semestre de 2016, em relação ao mesmo período de 2015, a queda foi de 16,3% no volume de vendas. Em faturamento, o recuo foi de 6,94%. A pesquisa baseia-se no resultado da Nielsen BookScan Brasil, que verifica vendas em livrarias e supermercados.

“Temos boas expectativas em relação à Bienal do Livro de SP. A volta da confiança do consumidor na recuperação da economia, mesmo incipiente, deve estimular as vendas – embora nossos planos de recuperação e crescimento estejam centrados em 2017. De todo modo, participar de um evento tão importante para o setor, como é a Bienal do Livro de São Paulo, é fundamental para que mais pessoas conheçam nosso trabalho”, afirma Kie Kume, gerente geral da IRH Press do Brasil. O trabalho de divulgação conta com o apoio doPrograma Radar Paulista, que vai ao ar diariamente, das 18h às 19h, pelaRádio Trianon. O programa vai sortear 20 ingressos para a Bienal (válidos para os dias de semana: 29, 30 e 31 de agosto, além de 1º de setembro).

Os livros mais vendidos pelo selo desde 2011 foram “Think Big”, “A Essência de Buda”, “Estou bem” e “A Mente Inabalável”. “A Essência de Buda” é o campeão de vendas no país. Desde agosto de 1986, quando lançou As Leis do Sol – seu maior best seller –, o autor Ryuho Okawa já escreveu mais de duas mil obras, muitas delas resumos das centenas de palestras proferidas em diversos países. São mais de 100 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, em 28 idiomas.

Em 2010, Ryuho Okawa recebeu menção no Guinness World Records por ter publicado 52 livros em um ano, um recorde logo superado por ele mesmo. Ao longo de 2013, publicou 106 livros. Seu trabalho inclui uma série sobre entrevistas espirituais e uma série sobre autodesenvolvimento. Nesta, além deThink Big, estão A Mente Inabalável, Estou Bem, Mude Sua Vida, Mude o Mundo, Trabalho e Amor e Pensamento Vencedor. O tema felicidade está presente em títulos como Ame, Nutra e Perdoe, Curando a Si Mesmo, O Caminho da Felicidade, Convite à Felicidade, entre outros. Outro destaque da editora é a série das Leis, com os ensinamentos de Okawa. Completam o portfólio livros sobre o Budismo.